IMPRENSA

últimas notícias

Transformar a produção para que o futuro seja possível é destaque em palestra de Pierre Herben
28/10

“Tornando o Futuro uma realidade” foi o título da palestra apresentada por Pierre Herben, da Yara Fertilizantes, durante a manhã do primeiro dia do Festival da Transformação 2017. Herben debateu alguns tópicos sobre os desafios globais enfrentados pelas empresas no cenário global atual, onde o crescimento exponencial da população entra em conflito com as necessidades, cada vez maiores, do fornecimento de alimentos, e como isso está diretamente ligado à impactos ambientais.

 

“Nós precisamos de mais comida, mas mais comida da forma como estamos fazendo significa muito mais impacto para o planeta”, destacou Pierre antes de apresentar algumas linhas de trabalho adotadas pela Yara para tornar os impactos ambientais da cadeia da agricultura menores. “Os negócios como estamos acostumados não servem mais”, exaltou o palestrante ao apresentar um gráfico que comprova que, grande parte da emissão de CO² do planeta provém da agricultura, como desmatamento, fertilizantes e transporte.

 

“Nossa responsabilidade é alimentar o planeta e protegê-lo. Nossa visão para isso é ter uma sociedade colaborativa, onde um mundo sem fome torna-se um mundo mais saudável”, explica. Para exemplificar algumas das práticas de inovação adotadas pela Yara, Herben mostrou alguns desafios importantes que precisam ser levados em conta num mundo em constante mudança.

 

Em primeiro lugar foi destacada a intensificação da sustentabilidade, algo que é totalmente contrário ao sistema atual da agricultura. A resposta para isso é produzir mais alimentos sem afetar tanto o solo. “Para isso trabalhamos com ferramentas digitais, como big data e drones, e oferecemos ferramentas que ajudam as pessoas a tomarem decisões corretas”, explicou.

 

Outro aspecto abordado por Herben é a reduzir emissões durante toda a operação. Para isso, apresentou o projeto de um barco elétrico e autônomo que está sendo desenvolvido pela Yara com o objetivo de reduzir os impactos ambientais de transporte. A ideia é que a inovação seja lançada na metade de 2019. Outros pontos apresentados foram o combate a desertificação e, por fim, a saída de um modelo econômico circular, onde existe muita perda, desperdício e impactos ambientais, e partir para um modelo cíclico, com impactos reduzidos e pequenos ciclos compondo uma cadeia. “Partindo disso a Yara embarca me uma jornada de transformação, focada em comida saudável com menos impacto ao ambiente e usando isso como incentivador da inovação”, concluiu.

Voltar