IMPRENSA

últimas notícias

Curta premiado Cores de Bissau foi apresentado no FT17
29/10

Na tarde de domingo, umas das atividades do FT17 foi a exibição do curta Cores de Bissau, um projeto independente de Maurício Caterle, que teve sua estreia no festival de cinema de Gramado Esse ano e agora foi premiado com menção honrosa no CineSerra, além de melhor fotografia no Festival de Santo Ângelo.  Gaúcho e natural de Santa Maria, Mauricio trabalha com cinema desde 2004. “Apesar de toda a miséria e mazelas do povo eu v muita beleza, muita alegria. Vi um povo que sorri e usa roupa colorida”, falou. O curta também foi acompanhado de uma exposição fotográfica de mesmo tema que estava nos corredores do FT17. A atividade ocorreu dentro do espaço Black Sheep Project.

Empatia como fator de inovação

A participação do Black Sheep Project no FT17 veio para trazer empatia aos hubs de conteúdo do evento. Todas as atividades realizadas na sala 36 do prédio B têm como plano de fundo se colocar no lugar do outro, conforme explica Wayner Bechelli, um dos fundadores do Black Sheep Project. “A gente te certeza que a empatia é um dos grandes fatores da inovação. A humanidade consegue evoluir a partir do momento que ela consegue entender o próximo. As novas tecnologias e inovações são ótimas, mas elas são soluções do que? pra isso tem que se colocar no lugar do próximo”, destaca.

Ele acrescenta ainda que não deve haver concorrência entre os diversos projeto que existem hoje no RS em falando de inovação. “Estamos aqui para somar, as pessoas tem que trabalhar em rede. Nosso objetivo é ser empático dentro de um ambiente de mercado”, finaliza.

Voltar